sábado, 5 de julho de 2008

Indy: Depois dizem que piloto não é meio doido...


Em desespero, Helio arrisca até ser mecânico

Foi pouco tempo depois que saiu dos boxes em Watkins Glen no treino classificatório deste sábado (5) que Helio Castroneves se deparou com um problema no cabo do acelerador e, em vez de parar na pista — que teria sido até mais vantajoso —, optou por uma área de escape. Aí, no desespero, o brasileiro protagonizou uma das cenas mais interessantes da temporada.

Perto de um alambrado onde tinham alguns fãs, Castroneves não teve dúvidas. "Pedi a eles uma chave-de-fenda, mas eu estava de capacete", explicou o piloto. Sem entender, o piloto começou a fazer gestos com a mão, girando como se tivesse a ferramenta. "Fiz o sinal universal da chave-de-fenda."

Daí um espectador atendeu o pedido de Helio, que voltou ao carro da Penske e tentou desaparafusar a cobertura do motor. Em vão, no entanto. "Sou um bom piloto, mas não um bom mecânico", concluiu o vice-líder do campeonato, que larga na última posição.

Fonte: Grande Premio

Isso que eu chamo de desespero pra botar o carro pra funcionar, ao inves de fazer como qualquer mortal, encostar o carro e sair andando, Helio achou que estava pilotando um Fusca que qualquer imbecil sabe mecher...

Ok, ambos os carros são barulhentos, mas acredito que um F-Indy seja um tanto quanto mais complexo pra se mecher na mecânica, do que um Fusca...

Juro que queria ver a cena toda, ia rir muito, se achar, posto aqui...

E amanhã alem de F1, tem Indy, Watikns Glen, minha amada Glen, uma das minhas pistas preferidas nos simuladores, em qualquer um deles, ela é maravilhosa... Pena que DE NOVO, a Band não vai transmitir, o jeito é ver DE NOVO na Indycar.com...

Nessas horas, que eu acabo odiando futebol com todas as minhas forças...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014