quinta-feira, 26 de junho de 2008

Música: Quando falta num gênio a sabedoria de parar


Costumo dizer que o Rock é uma coisa eterna, que uma boa música se hoje ela te emociona, te estiga, te faz pensar, te indentifica ou te marca em algum momento realmente importante pra voce, ela se torna eterna, sem validade, que nunca se desgasta, voce passaria sua vida toda ouvindo aquela musica, mesmo que de vez em quando e muitas musicas são assim, tem mais de 30, 40, 50 anos e ainda parecem novas atuais, que voce escuta e ainda curte como se fosse a primeira vez...

Porem, quando a música é gravada foi numa determinada epoca, num determinado ano, num determinado dia... Voce ate a escuta com o passar dos anos em versões ao vivo, acusticas, ate um certo ponto, pois quem reproduz, quem grava, quem canta aquela musica que voce gosta, é alguem vivo, é um ser humano, que por mais que voce o intitule como idolo, como heroi, ele é um ser humano como voce, que envelhece, que pode ate se manter igualmente jovem no espirito e atitudes, mas o corpo não tem jeito, ele envelhece...

Essa coisa da idade é complicada, voce sempre acha que aquele artista ou banda esta tão jovem quanto na musica gravada em estudio e lançada em disco, mas não, ele envelhece, a banda envelhece, mesmo que o som dela continue bom, atual, jovem, os caras envelhecem... E costumo dizer, que saber a hora de parar com a banda, é uma sabedoria milenar, é aquele momento, que voce olha pros seus companheiros de banda e recita um poema bem elaborado, faz um discurso bem interessante e emocionado, ou simplismente fala, "É ta bom, vamo parar com essa porra, calçar uma sandalia e ver futebol na TV", saber reconhecer essa hora, encarar a hora, ter coragem de tomar a atitude de parar e realmente ir la e parar com tudo, falar pros fãs, pra familia, pros amigos e principalmente, pra si mesmo que acabou, parou, é o fim, é dificil, mas longe de impossivel...

Tem gente que sabe parar, o Pink Floyd soube parar, depois da briga de Roger Waters com os demais integrantes, Gilmour e Cia ainda levaram a banda adiante, mas em 1994 com o Division Bell, viram que tinham feito o que tinham que fazer, e encerraram a banda, e ainda se reuniram no Live 8 e mostraram que tinham que ter parado mesmo, deram uma palhinha ate junto com Waters, mas a idade era evidente, com pequenos erros aqui e ali, tambem natural com o tempo longo sem ensaio, mas encerraram por cima, na hora certa, embora voce ainda veja Gilmour e Waters nas suas carreiras solo por ai...

O Iron Maiden ta sabendo a hora de parar, embora estejam num pique igual ao do inicio da banda, sem baixar em nada o nivel com os anos, ja planejam o fim da banda, ja deram praticamente data e tudo mais, vai acabar e fim de papo, e vão parar no auge, por cima, com qualidade, como se deve parar... Infelizmente, outros não sabem parar, como Deep Purple, o Led Zeppelin ta inventando de voltar (tomara que estejam bem), Aerosmith e outras lendas do Rock tambem ja devem ou deveriam pensar seriamente no assunto...

Mas o pior exemplo de não saber a hora de parar, esta sendo Chuck Berry... Só de pensar, que foi ele, que iniciou tudo isso, tudo, tudo o que voce hoje entende como Rock, foi ele que começou, a forma fora do normal de cantar, dançar enquanto canta sem se preocupar se é bonito ou não, tocando Guitarra como se deve tocar guitarra, diferente de um violão (embora quem tenha ensinado mesmo como se deve tocar guitarra, foi Hendrix), foi ele, que começou tudo, o Pai do Rock, mas voce para pra pensar, quantos anos tem o Rock? Mais de 50 anos... E então, como voce imagina que quem inventou isso tudo ainda esta na ativa? Alguem que viu Deep Purple começar, Rolling Stones (que é outro exemplo de banda que não sabe a hora de parar e deveria saber), Iron Maiden, Aerosmith e tantas e tantas lendas do rock, como esse ser ainda esta na ativa??

Seria maravilhoso dizer que ele esta sim na ativa e melhor do que nunca... Mas como falei, por mais que voce esteja com espirito jovem, o corpo é implacavel... E 81 anos são 81 anos... Berry veio ao Brasil por esses dias, e fez um show lamentavel... Errando notas o tempo todo, não cantando tão bem assim, fazendo shows de menos de 50 minutos, quer dizer, voce para pra pensar e se pergunta, "Pra que ele ainda continua com esses shows?", a resposta é algo impossivel de se pensar, prazer em tocar? Prazer em fazer shows? Bem provavel, mas não seria melhor parar, e quando der vontade, fazer um ou outro show? É bem diferente de sair em turne pelo mundo...

Se for se pensar, que todos esses caras que fizeram historia do Rock, poderiam estar vivos hoje, é incrivel, mas o tempo passa e estamos vendo os que não morreram por acidente, drogas ou qualquer outra forma não muito natural de morrer, ficarem velhos como o Chuck, é de assustar, é voce ve que o tempo passou mesmo, e que aquelas musicas ja antigas que voce gosta tanto, passam a realmente se torcar coisas eternas, naquelas musicas, naqueles sons, mas que os seres que tornaram aquelas notas, sons, vozes e arranjos tão maravilhosos pra voce, estão pra ir embora, ou estão realmente na hora de parar, de uma forma, ou de outra...

Mas o rock é eterno, o rock ta vivo e não vai morrer nunca, mesmo as lendas não estando mais entre nós, o rock deles ainda ecoa em muitos ouvidos por ai, ainda fervem o sangue de muitos, ainda avivam a atitude de outros e ainda vão fazer o mesmo, por aqueles que quando estou escrevendo isso, estão simplismente nascendo...

Por essas e outras, que dizem que o rock é eterno...

Sim, mas Chuck Berry, na boa, ta bom de parar...
Não, não sei como esta o Led Zeppelin, como esta Plant e Page, tomara que ao menos, lembrem como se canta as musicas e as notas...
Sim, Deep Purple ta bom de parar mesmo, ja ta caindo de nivel de qualidade, tanto em shows, como em discos...
Sim, todas as bandas e artistas, deveriam encerrar suas carreiras como o Iron, de forma planejada, estruturada, sem choros ou arrependimentos e ainda em plena vitalidade e auge...
Sim, eu sei que o Iron ainda não parou, mas não acredito que vai acontecer diferente do que eles estão planejando e planejaram...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014