quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Música: Como se definir uma joça de um Emo...


...Eu até hoje não consegui essa proeza... Emo é algo tão complexo de se entender, que acho que não conseguirei definir... Porque pre tentar definir, eu teria que entender o que é um Emo, pra que ele serve, o que ele come, é mais facil do que pensar no que um Emo pensa, pra ser o que é...

Eu ja tenho quase 30 anos, vi pelo menos 3 grandes fases da musica, nos anos 80, 90 e atuais 2000... Nos anos 80, o que mandava era o Pop, tudo com grandes pitadas de musica eletronica, algum metal farova, musica romantica, anos 80 foi um barato, tanto que ate hoje, um ou outro, aqui e ali ficam tentando resgatar algo de la, dia desses vi uma banda ai, não lembro o nome, fazendo um cover de Beat It do Michael Jackson... Anos 80 é tida como uma "Decada Perdida", coisa que repudio com toda convicção, mas falo disso depois...

Anos 90... Talvez a epoca que eu tenha vivido com mais intensidade, claro, entrei na decada com 11 anos, o que eu ouvia antes disso, era por osmose, pelos meus irmãos e coisas do tipo, anos 90 não, eu ouvia por mim mesmo, anos 90 tivemos o Grunge mandando na decada, tivemos o Metal deixando de ser farova pra ser algo mais sofisticado e perfeito, o pop começou a querer caminhar junto com o rock, Musica Eletronica foi pro underground, pois não não andava mais agarrada no braço do Pop...

Anos 2000... Bem, antes de falar da decada atual, vale lembrar o que tinhamos nos anos 80, digamos, de tipos de pessoa... Tinhamos ainda os Punks ainda vindos dos anos 70, que se fundiram com o Pop, onde ate surgiu bandas como Information Society por exemplo, os Punks eram bem definidos, eram revoltados, roupas exageradas, cabelos exoticos e tinham fama de maus e bagunceiros, mas podiam ser pessoas normais tambem, serem assim só na aparência, voce achava estranho, mas não ligava, voce via um Punk e sabia o que era um Punk, se autodefinia... Fora os Punks, voce tinha o pessoal mais voltado pro Pop, com roupas, estilos e principalmente cabelos super exoticos, a moda era ser ousado, literalmente falando, mas se ousava tanto que a linha do ousado e do brega era ultrapassada constantemente...

Nos anos 90, tivemos o pessoal do Grunge, que gostavam de roupas listradas, tenis sujos e surrados, cabelão, curtiam umas drogas, mas no geral, ficavam mais na bebida mesmo, tambem como os Punks, podiam ser pessoas normais, no geral tambem eram mais Grunge na aparencia mesmo, poucos iam pro caminho mais sombrio do Grunge de arroaça e drogas, e voce via um Grunge, e sabia que ele era Grunge e o que era Grunge... Foi a epoca tambem que os Goticos mostraram mais suas caras, muitos eram ocultos no Pop dos anos 80, em bandas como The Cure e The Smiths, mas nessa decada, resolveram virar Goticos de vez, saindo do lado Pop e indo mais pro lado do Rock e do Metal...

Agora voce chega nos anos 2000... Virou bagunça... Eu gosto muito de The Strokes, mas eles, junto com outros artistas claro, mas com eles a frente, lançaram o tal do "Faça voce mesmo", quer dizer, fazer o que sabe fazer e pronto, não precisa ser perfeito, basta que voce faça o que sabe que chega la e da certo, cria seu estilo e pronto, não precisa se preocupar se vão gostar, vão gostar e pronto, nisso uma banda se veste mais como militares despojados, outros se vestem como musicos dos anos 50, outros todos iguais a um Beatle qualquer, agora tudo muito arrumadinho, organizadinho, tudo bem, ate ai vai, mas o que veio no meio disso é que incomodou...

Veio o tal do Emo... Dizem que o Emo veio das cinzas do Grunge, daquele negocio de grandes artistas do Grunge terem se matado, como os lideres do Nirvana e do Alice in Chains e outras bandas, que alem disso, pegaram o lado depressivo do Grunge... Se fosse isso de verdade, ok, mas não, pegaram a depressão, a mania do jeito suicida de ser, pior, pegaram o lado triste, ai misturaram o lado triste, com o lado suicida, ok, viraria o que, um Gotico? Mas ai ja tem Gotico, a muitos anos, não, misturaram mais, misturaram com ser gay, ser afeminado, mais ainda, ser um Emo, é se fazer de coitadinho, de triste, porque o mundo é triste, feio, sem graça, mais, que o mundo não é como um Emo gostaria...

Ai veja que coisa, um Emo é triste, depressivo, suicida... mas gosta de roupas coloridas, fala, age, se sente um menininho de 5 anos, e ainda criado por avó, e faz um som, que a principio, seria algo, talvez punk, talvez hardcore, nem o som se define, pra resolver, entitularam de Emocore, ok, tem pitada de Punk e Hardcore, mas ai voce vai ver as letras... ai, as letras... tudo na linha do "Ela me deixou, tou tristinho, não sei mais viver sem ela, vou me matar", claro que nunca falando de forma direta, é mais fofinho usar frases poeticamente toscas no lugar, pra ficar mais fofinho...

Ja conseguiu definir um Emo? Eu ainda não... Ai veja, tem esses tais de Emos, o tal do Emocore, e as mil bandas do tipo "Faça voce mesmo", pior do que isso, hoje em dia, o negocio é ser banda nova, a nova banda do pedaço, a nova novidade do mundo da musica... Engraçado, voce ve coisas como MTV, so se fala em artistas muito, muito novos, os que ja tem 1 ano (uau, isso tudo), voce ja nem fala mais, porque nesse tempo, ja surgiram umas 3 ou 4 bandas, pior, As Bandas, ja nascem super idolatradas e com uma moral que ate assusta, mal lançam um disco, e a banda ja é tida como a melhor do momento, melhor do mundo, melhor do universo... Pois pense, quantas bandas novas surgem todo mes no mundo? Detalhe, todas idolatradas...

Agora voce vai analizar esse turbilhão de bandas, e tudo mais... Rapaz, veja o que surgia nos anos 80, o cara sabia cantar, tinha voz, a banda mesmo usando 900 instrumentos eletronicos, como a bateria eletronica que de tão usada, encheu, mas era algo bem feito e tal, hoje, voce de 10, 15 vocalistas, tira um bom, mas, todos os 15 são idolatrados, claro... Mas BOM BOM, não tem um quase... Quer dizer, o nivel de qualidades de bandas hoje em dia, ta no chão e ta todo mundo achando lindo!!! Ai talvez de pra entender, de onde surgiu essa joça desse tal de Emo... Porque voce ve uma tristeza dessa, não vai ficar triste, deprimido, querendo se matar e triste prorque o mundo não é como voce quer e gostaria? Claro que os tais Emos iriam surgir...

Dizem que o Emo, é a condição máxima de um ser humano ser sensivel, é a sensibilidade em pessoa, diria mais, é algo alem da sensibilidade, algo tão sensivel, que o cara acaba se matando, de tanto sentimento... Humm, talvez dai sejam suicidas, mas como se matar é algo feio e mau, eles ficam so ameaçando... E o mais engraçado, é que uma Emo, voce ate releva, a menina só fica mais menina do que ja é uma mulher, fica mega menina, fica como se fosse uma criancinha, agora um homem (???) Emo é que complica, porque fica tão meiguinho, que acaba virando um gay, mas não aceita isso, não assume e ameaça se matar se ficar falando isso pra ele... Vou nem comentar a forma como um Emo tira foto, porque me da enjoo...

Agora, vai achar uma solução pra isso... Eu ja arrumei pra mim... Parei de ouvir radio, parei praticamente de ouvir coisa nova, só se for coisa nova de bandas que eu ja conheço, e a algum tempo... E ve se esse aue todo acaba um dia, e gravadora passa a voltar a só deixar entrar nos seus estudios, quem preste...

E quem sabe um dia, eu entenda que porra é um Emo... Isso ainda vai render outros posts, tou cansado, com sono e o cerebro ja esta falhando, aposto que se eu ler o que escrevi aqui amanhã, vou entender metade, mas vai assim mesmo... Melhor ir dormir mesmo, do que ficar falando de Emo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014