domingo, 25 de janeiro de 2009

F1: Ecclestone e seus comentarios ridículos....

...e mais uma vez, eu venho criticar isso...

Parece um deja vu, mas Ecclestone hoje veio de novo chiar, porque ele quer por tudo que a F1 passe a ser um "esporte olímpico", com os vencedores ganhando medalhas ao inves de pontos, com o campeão sendo quem conquistar mais "medalhas de ouro"...

...isso é uma IMENSA bobagem, pois o campeão tem que ser aquele que vencer mais claro, mas tambem o que mantiver maior regularidade, imagina, um piloto conquista 7 vitórias, mas quando não vence, sequer fica no podio, e outro piloto conquista 6 vitórias, mas quando nào vence, fica com frequencia no podio, marca 20 pontos a mais que o outro, e não vence o campeonato, por uma vitória a menos, MESMO tendo 20 pontos a mais no final do campeonato? RIDÍCULO isso rapaz...

Mas isso ja não é novidade e ja reclamei aqui, mas o que vou reclamar aqui é de outro comentário feito por ele, de forma ridícula:

Ecclestone: "Sempre fui contra o KERS. O que se usa na F-1 não é usado em um carro de rua. Mas, se esta é a ideia, porque não desenvolvê-lo em carros de turismo?".

Que isso cara?? Desde quando o que é desenvolvido na F1 não chega aos carros de rua?? Querem varios exemplos??

- Controle de Tração
- Controle de Estabilidade
- Suspensão Ativa
- Cambio Sequencial
- Cambio Borboleta no Volante
- Freios ABS
- Combustiveis de alta octanagem
- Discos de Freios de Carbono

Ta bom? Pouca coisa não? Isso porque eu posso ter esquecido de algo...

A unica novidade ai, é que o KERS ja existem em carros de rua, se não me engano, quem começou com isso foi a BMW, e agora isso vai pra F1, meio que um caminho inverso, e claro que o caminho inverso não é nada absurdo, porque não um dia a F1 passar a usar motores elétricos, como os carros de rua ja usam, inclusive em carros esportivos de alta performance?

Grande bobagem Ecclestone, mais uma pra sua lista interminável, ta na hora de se aposentar e começar a tomar Gardenal...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014