quarta-feira, 1 de julho de 2009

Cotidiano: 15 anos do Real...

...chega NÃO deu uma saudade da Inflação agora...

15 anos do inicio da paz financeira do brasileiro, do fim daquela inflação absurda de 4% ao DIA, que hoje é algo assim, porem ao ANO, curiosamente, eu tinha quase 15 anos na epoca e passando agora outros 15, posso dizer que vivi metade da minha vida com aquela inflação fora de controle e 15 com uma inflação sobre controle...

...e digo, quem não viveu aqueles tempos, não sabe e nem imaginaria o que era...

Sabe o que é, voce ter dinheiro HOJE pra comprar, digamos, um Palio EDX 1.4 completo e em uma semana, voce mal ter dinheiro pra comprar um Mille 1.0 pelado? Eu lembro que não costumava sair e meu pai nem me dava mesada por isso, porque eu guardava e não gastava, quando viamos, o dinheiro não valia nem pra comprar um bombom e quando me foi dado o dinheiro, dava pra comprar hoje um DVD, voces tem noção do que era isso??

Bom, não sei se minhas proporções estão perfeitas, mas era algo absurdo mesmo, de tempo em tempo, vinha o governo, mudava o nome da moeda e tirava 3 zeros dela, ou seja, o que hoje algo valia 10000 passava a valer 10, de tempos em tempos isso era feito, tinhamos notas de 1000, 5000, 10000 cruzados, cruzeiros, reis, o que voce pensar de nome de moeda tivemos, mas quando veio o Real, com 1, 5, 10, 50 e 100, mal acreditamos quando vimos que o que num dia valia 20 reais, continuava valendo os mesmos 20 reais em 1, 2, 3 meses, todo mundo ficou maravilhado...

O brasileiro passou a poder planejar suas compras, seus investimentos, sua vida, foi notorio que quem antes era classe baixa, pobre, mal podia ter um carro na garagem, mudou de vida, pode continuar a ter so um carro, mas um carro novo, pode ter uma geladeira nova, uma TV nova, dar uma educação melhor pros filhos, reformar a casa, tudo podendo ser planejado a longo prazo, coisa impensavel antes, onde o imediatismo era vital, pois o que valia tanto hoje, em poucos dias não valeria a mesma coisa...

Tem coisas hoje, mesmo 15 anos depois que continuam valendo a mesma coisa, uma garrafa de coca-cola, continua custando o mesmo 1 real, um chope num bar ainda varia em torno de 4 a 6 reais, o pais pode começar a acompanhar a tecnologia do mundo, começavamos a ter televisões, aparelhos de som, tudo mais moderno, pois foi possivel começar a pensar em compras a prazo sem juros absurdos e desvalorizações de moeda galopantes...

Eu posso dizer que sinto falta daqueles meus 15 anos sim, dos meus 5, dos meus 10, enfim, da minha infância, mas nunca sentirei falta desses tempos na questão financeira, quem lembra dessa epoca vai concordar comigo, muita coisa mudou, o pais mudou, pena que isso não foi acompanhado por uma redução na carga tributária ridícula do Brasil, parece que nunca esse pais vai enxergar que essa carga é o maior freio de mão que esse pais pode pensar em por a si mesmo, a prova tai, com essa redução de IPI para carros e alguns eletromésticos, vejam como as vendas pipocaram, e como mesmo assim, atraves de outros impostos, o governo arrecadou quase a mesma coisa de antes, prorrogaram de novo o IPI, mas ja falam que agora foi a ultima e na proxima ele volta, da pra entender uma burrice dessa?

Parece mesmo de fato que a ultima coisa inteligente de fato feita pelo governo brasileiro, foi o Plano Real, é triste ver que em 15 anos, a burrice impera, depois de um ato tão inteligente, a burrice impera e parece que se manterá ainda por muito tempo, talvez outros 15 anos, eu venha aqui falar dos 30 anos do Real lamentando a mesma burrice de hoje, de ontem, de sempre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014