sábado, 29 de janeiro de 2011

F1: 2011 começa com apresentação da Ferrari...


Carro sem grandes novidades, aparece com polêmico logo ferrarista merlborista...

Agora pode se dizer que o ano de 2011 começou para a F1 e sempre começa assim, com apresentação dos carros para a temporada. Normalmente quem começa são times intermediários, dessa vez veio com uma das equipes de ponta.

A Ferrari apresenta seu carro, sem grandes novidades externas, as mudanças ficaram mais na parte traseira, na asa traseira, no escapamento que volta a ser oculto e pelo não uso, até o momento ao menos, da barbatana da tampa do motor, voltando a usar um desenho de tampa anterior que é bem feio, mas deve ter sua funcionalidade aerodinâmica né...

...fora isso, as entradas de ar laterais foram bem redesenhadas, tão bem grandes, leves mudanças na parte frontal e a pintura segue a mesma dos ultimos anos, todo vermelho com asas e outros pequenos detalhes em branco...

Uma mudança que me chamou a atenção, é a aplicação do novo logo da equipe Ferrari, que é pra lá de polêmico, diria até que é de muita cara de pau, só um acéfalo que alem disso é cego, pra não notar que o logo disfarça a marca da Marlboro, que não sei como, AINDA patrocina a Ferrari na F1, por baixo dos panos, mesmo sem ter sua marca mostrada, porém a Ferrari sempre a mostra assim, de maneira subliminar, mas dessa vez ta muito na cara e claro que nem a FIA, nem a FOM tambem, vão fazer nada, porque obvio, estamos falando da Ferrari e ela tudo pode, tudo faz, tudo manda, afinal, o presidente dessa porra é Jean Todt, que nem preciso dizer o que ele fazia antes de ser eleito né? Não preciso...

Vamos a uns dados técnicos do carro, que eu sempre costumo postar dos carros, mas a um bom tempo quase nada muda, principalmente no congelado motor...

...vale lembrar que em 2011, volta o KERS, que pra mim não devia ter saido e devia ser obrigatorio em todos os carros, a Ferrari é uma das equipes que vai adotá-lo...

Chassi

Fibra de carbono com estrutura em forma de colmeia;
Câmbio Ferrari longitudinal, semiautomático, sequencial, controlado eletronicamente com sete marchas mais ré com diferencial limitado;
Freios Brembo ventilados construídos em fibra de carbono;
Suspensão independente, push-rod ativado com barras de torção nas quatro rodas;
Peso com água, fluídos e piloto: 640 kg;
Rodas BBS de 13”

Motor

Tipo: 056;
Número de cilindros: oito;
Bloco de cilindros em alumínio em V no ângulo de 90º;
32 válvulas;
Distribuição pneumática;
Deslocamento total: 2.398 cm³;
Largura do pistão: 98 mm;
Peso: 95 kg;
Injeção e ignição eletrônica;
Combustível e lubrificantes: Shell;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Blog produzido por: Thiers - Recife - PE - Brasil - 2014